Eletrônica Ferroviária

A Ricci Eletrônica consolidou-se como um parceiro eficaz no desenvolvimento de tecnologias que melhoram o padrão de segurança neste setor, com um portfólio de produtos que apoiam na gestão de riscos e na redução de acidentes com trens, e para isso destacamos os seguintes produtos:

MYTRAIN: é o sistema supervisório dos ativos instalados ao longo da ferrovia, concentra todos os dados coletados e gera informações de suporte para o Centro de Controle Operacional (CCO) e para a equipe de Manutenção de Via. Disponível na Cloud pública (Software as a Service – SaaS (Internet)), foi desenvolvido em Java, e agrega funções de supervisão e configuração remota, enviando e-mail de alarmes e alertas para as equipes de campo, conforme “gatilhos” previamente estabelecidos, apresentando painéis de diagnóstico, gráfricos e outras funções.

DTQ: é um dispositivo eletrônico encarregado de detectar a quebra do trilho ferroviário. Trabalha com um mili-ohmímetro interno que mede a resistência elétrica do trilho, comparando com um valor de referência previamente armazenado na memória. Discrepâncias dessa resistência são alarmadas para o DDS, que realiza o anuncio do alarme, via rádio, aos maquinistas.

DDS: é um dispositivo eletrônico usado para detecção de descarrilamento de vagão, que transmite via GPRS várias  informações para o supervisório remoto através de um modem GSM. O DDS também permite monitorar a temperatura do trilho e sensores de quebra de barreira, funcionando como anunciador de alarmes ao maquinista. Também atua como um controlador de carga inteligente gerenciando a energia fornecida pelo painel solar e promove a carga da bateria. Na versão integrada com o DTQ, o DDS funciona como anunciador de alarme e como roteador dos dados gerados pelos dois equipamentos.

LPS: é um equipamento que tem como principal função, o fornecimento da posição geográfica e a velocidade de deslocamento para os computadores de bordo de locomotivas.

TRANSFORMADOR PARA CIRCUITO DE LINHA